sábado, 11 de junho de 2016

Desafio "Espalhe Fantasia" do grupo Skoob.

Fala seus puto! Beleza? Bom, hoje, sábado (estou escrevendo na quinta, mas vou publicar no sábado, enfim.), eu estou participando de um pequeno desafio de um grupo do Facebook, não só pra alavancar o meu blog, mas também pra divulgar outros blogs e mostrar um pouco das minhas influencias na questão da criatividade. O desafio consiste em: escolher 5 livros que foram publicados aqui no Brasil e lista-los aqui. #Espalhefantasia
Vamos à lista! (CUIDADO! ESSE POST PODE CONTER PEQUENOS SPOILERS!) (Infelizmente, não consegui colocar os diabos das fotos! ;-; tentei ajustar, tentei arrastar, mas não foi porra nenhuma! desculpa y.y)

5 - Os 7 falcões
Autor: Márcio Borges
Ano de lançamento: 2001
Sinopse: uma história de 7 amigos nos anos 1995 conhecidos como "os 7 falcões". Nada fica muito claro, mas é uma narrativa de um dos personagens sobre eventos de sua vida com os amigos.


A história não fica muito clara no inicio. São 7 personagens: Baú, Carculé, Walfrido, Rick, Marinho e Marília(gêmeos) e Joyce. Cada um tem entre 10 e 12 anos. No começo a narrativa é em terceira pessoa, contando um pouco da vida e das brincadeiras de cada um nos anos 95. Primeiro um torneio de peões, depois a fuga das crianças em uma perseguição com uma gangue de crianças mais velhas. Tudo isso é contado por Walfrido (1999), uma perspectiva de narrativa de um dos personagens. A história envolve também um cunho mistico de folclore brasileiro (lógico que tem um índio né), e o mistério que cerca essa parte da leitura, onde os falcões estão na casa do tio de um dos garotos, e eles se embrenham na mata e encontram "algo". Nesse ínterim dois deles vão ser "sacrificados". Curiosos? Procurem ler!

Inspiração: Infelizmente eu li esse livro quando tinha uns 15 ou 16 anos, e só li uma vez. Esqueci dele durante tanto tempo que só lembrava do titulo. No entanto, muita coisa dele ficou na minha cabeça, em especial, o folclore brasileiro apresentado no livro.




4 – O feitiço da lua
Autor(a): Ronda Thompson
Ano de lançamento: não sei :3
Sinopse: um dos livros da saga dos irmãos Wulf, notórios personagens londrinos da alta sociedade encobertos de mistério sobre uma maldição de insanidade e que se envolvem romanticamente com uma mulher em especifico cada um.

A história é um romance. Um de cinco livros, cada um contando sobre um dos cinco irmãos Wulf de Londres (um deles é um bastardo). O feitiço da lua conta sobre Jackson Wulf, o caçula, que pretende matar uma bruxa em um vilarejo afastado de Londres para quebrar a maldição. Não fica muito clara a cronologia certa, pelo fato de que o primeiro livro dessa saga é o de Jackson Wulf, mas os outros acabam se conectando com essa história (o terceiro livro trata sobre Armond Wulf, e cronologicamente, seria o primeiro). Jackson está fugindo do vilarejo e de seus moradores, acusado de não só ter violado a filha do estalajeiro, como também de ser um lobisomem! ( :o que revelação!). Jackson encontra a bruxa Lucinda, uma ruiva linda e atraente, e que ironicamente foi violentada por um lorde ligado à coroa da Inglaterra, e ela está, basicamente, dando à luz! Então ela presencia a transformação após Jackson lhe ajudar a parir seu filho e foge, olhando para trás e vendo sua cabana humilde ser queimada. Ela se dirige à Londres e clama ser a esposa de Jackson e que este morreu, e então ele reaparece e eles fazem um trato: ele dará casa, comida, educação e um nome à Sebastian (o bebê bastardo), e Lucinda irá quebrar a maldição dos Wulf. No entanto, não basta uma acusação de assassinato que incrimina seu irmão Armond, ainda exite o lorde que os encontra, e então, tudo fica intenso.

Inspiração: Lobisomens, isso me instigou a comprar o Box com três livros e lê-los até o fim. A forma de romance e escrita de Ronda me deu algumas dicas de como descrever certas cenas e envolver um romantismo enorme nisso tudo.


3 – O Silmarillion
Autor: J.R.R. Tolkien
Ano de publicação: também não sei :3
Sinopse: É uma narrativa complexa e completa (nem tanto) do inicio de Ea (a terra), o mundo da terra média de Tolkien e suas raças, heróis, vilões e seus maiores feitos.

A história toda é quase como uma “bíblia”, só que interessante, complexa, cativante e nem um pouco entediante e não entra em contradição. Começa com Eru Iluvatar cantando, e assim criando os Valar, e depois, todos eles criando a terra, ou Ea, e então dois hemisférios conhecidos como a terra média e a terra abençoada, ou Arda. Tudo vai se contando com uma temática extremamente triste, afinal, de tantas felicidades existentes na terra abençoada, e então, Melkor começou a criar o mal e a discórdia, posteriormente chamado de Morgoth. O Silmarillion é dividido em cinco partes de narrativa:

1- Ainulindale (a musica dos ainur)
2- Valaquenta (o relato dos Valar)
3- Quenta Silmarillion (a triste e longa história das silmarils, as jóias de Feanor)
4- Akallabêth (a queda)
5- Dos anéis de poder e da Terceira Era.

A história e narrativa mais notável desse livro e que gerou uma legião de fãs foi sobre Beren e Luthien, o homem mortal e a estrela dos elfos. Ficaram cuirosos? Vão ler!

Inspiração: provavelmente todo o universo terra média me deu uma idéia de geografia e fisionomia das raças do mundo. De certa forma, elfos, orcs, humanos, trolls, enfim... Uma infinidade de coisa, para não mencionar as cidades e os lugares.


2 – Percy Jackson e o Último Olimpiano
Autor: Rick Riordan
Ano de publicação: não faço idéia, só descobri Percy Jackson quando tinha 17 e fui ao cinema (me julguem).
Sinopse: é a conclusão da saga Percy Jackson e os olimpianos, a guerra final entre Percy, o filho de Poseidon, e seu inimigo Cronos.

Tudo começa de maneira tranqüila, Percy e sua amiga humana Rachel, e então o pégaso negro Blackjack e Charles Beckendorf aparecem, e então ele sabe que esse é o inicio da guerra. Eles conseguem afundar o cruzeiro Princesa Andrômeda, mas Beckendorf morre, e Percy fica profundamente irritado e triste. Não bastasse isso, Tifão se libertou, Poseidon está em guerra com o titã Oceano, existe um espião entre os campistas meios-sangues, e pior de tudo: a profecia que tiraria a vida dele (ou não). E então Percy acaba decidindo receber ajuda de Nico, o filho sobrevivente de Hades, e então, depois de muitos eventos, a guerra em Nova York é deflagrada e uma série de coisas inacreditáveis acontece.

Inspiração: em suma, toda a série Percy Jackson e qualquer outro livro do Riordan que eu tenha lido me inspirou e muito depois que eu li. A história tem um bom ritmo, e o final deixa a promessa de uma continuação (que já foi publicada).

1 – Magnus Chase e a espada do verão
Autor: Rick Riordan
Ano de publicação: 2015-2016
Sinopse: Magnus Chase, primo de Annabeth Chase, é um órfão de mãe e que descobre que coisas sinistras estão em sua caçada, ele acaba reivindicando Summarbrandr, a espada de seu pai, mas acaba indo para Valhalla e recebe uma profecia das próprias Nornas e deixam sua vida (ou seu pós-vida) extremamente complicada.

O livro é um universo estendido de Percy Jackson, assim como Heróis do Olimpo com o irmão mais novo de Thalia, Jason Grace, que faz parte de um acampamento meio-sangue romano, e as Crônicas de Kane, que contam a história de Kane e sua irmã contra alguns deuses egípcios (essa trilogia eu não li, ainda não pude comprar y.y). Magnus Chase teve sua mãe assassinada, e até os 16 anos ele morou na rua com dois mendigos muito estranhos: Blitz (que é um elfo das sombras filho de Freyja) e Heart (um elfo surdo que foi expulso de casa (Alfheim) pelos próprios pais, isso depois de seu irmão morrer). Magnus tem que enfrentar não apenas Surt, o gigante de fogo rei de Muspelheim, mas também gigantes, valquirias, seus antigos companheiros de corredor no “Hotel Valhall”, e até mesmo Fenrir e outros deuses! Magnus, no final de tudo acaba encontrando seu pai (só dou uma dica: Fehu), e ele se torna um herói em Valhalla, mas sob observação dos lordes.

Inspiração: nomenclatura, história, algumas referencias e coisas do tipo, isso me ajudou e muito. A única coisa que eu odiei foi a adição de uma Valquíria que é filha de uma mulher muçulmana e de certa forma um jeito de amenizar a doença islâmica do mundo. No mais, o livro é ótimo.

Esses foram apenas 5, mas existem muitos outros que eu li e gostei muito :3
Abaixo segue uma lista de outros blogs participantes do desafio, dêem uma olhada neles, ok?






Autores:
Ana Lúcia Merege
Daniella Rosa
Diego Guerra
Janayna Bianchi Pin
Luiz Paulo G. Faustini
Peterson Rodrigues

Blogueiros:

Ana Lúcia - A Estante Mágica
Allenylson Ferreira - Café Literário
Anderson Tiago – INtocados
Carla Cardoso – DNA Literário
Denise Flaibam – Queria Estar Lendo
Felipe Silva – Excalibooks
Fernanda Castro – The Bookworm Scientist
Francisco Neto - Sobre Os Olhos Da Alma
Gabrielle Vizcaino - Entre Dimensões
Isa Prospero – Sem Serifa
João Vitor Gallo – Foco de Resistência
Lais Helena Serra Ramalho – Sonhos, Imaginação & Fantasia
Leo Alcântara - Adoráveis Dias de Cão
Marcelly Nascimento – Me Livrando
Mariana Palma – Perfect Pick #001
Orlando Simões – Ponto Zero
Paulo Vinicius – Ficções Humanas
Phelipe Pompilio – Bravura Literária
Priscila Caraça Mantovani – Leitura Mania
Renan Bernardo – A Taverna
Vagner Stefanello – Desbravando Livros
Maria Leite  Pétalas de Liberdade
Phelipe Pompilio – Bravura Literária
Priscila Caraça Mantovani – Leitura Mania
Renan Bernardo – A Taverna
Vagner Stefanello – Desbravando Livros

 

Leitores:
Alexander Weber
Alexia Bittencourt Ávila
Alisson Bonatti
Ana Beatriz Rausse
Arthur Medeiros
Caroline Defanti
Claudio Nigro
Daniel Andrade
Daniel Machado Thomaz
Dhiego Morais
Emanuel Savegnago Maziero
Emerson Ferreira
Gabriel Augusto
Hugo Tavares
Isabella Mori
Jaqueline Cruz
Jefferson Alberto Ferreira
Junior Dias
Lays Colombelli
Léo Tupinambá
Rodrigo Stahl
Tamyres Britto
Timóteo De Rezende Potin
Wilker Sousa

Vlogueiros:
Priscila Gonçalves -
Eduardo Costa de Paiva -
https://www.youtube.com/channel/UCR0cqNJcFcZ803iItmet9Ow


17 comentários:

  1. E a cada post do desafio eu me convenço mais que preciso começar a ler Rick Riordan...hahahaha

    bookwormscientist.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. XD Riordan é um gênio, eu sei que as suas obras não são nem perto de serem pagãs e tal, mas eu acredito que criar uma forma de mostrar os deuses em um mundo atual é genial \o/

      Excluir
  2. Eu também li Os Sete Falcões, acredita? É muito amor. :) Boas indicações temos aqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse eu só achei uma vez na escola, li a muito tempo atrás. Até tinha gostado da história mas por ter achado só uma vez acabei esquecendo. :3

      Excluir
  3. Pelo o que entendi, a maioria dos livros indicados foram lidos quando tu ainda era jovem. É isso produção? Hehe De qualquer forma achei as tuas indicações ótimas pra quem tá começando ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a maioria eu li quando tinha meus 16 anos em diante, e quando eu tinha 19 ganhei a coleção de 5 livros do Tolkien, e ai achei O Silmarillion. Eu deveria ter colocado alguns bonus ou menções honrosas, mas agora já é tarde D:
      No mais, agradeço que tenha gostado :3

      Excluir
  4. Só li Percy Jackson dessa lista, e juro que não lembro de muitos detalhes. Eles simplesmente se apagaram da minha mente. :(

    http://desbravandolivros.blogspot.ie/2016/06/campanha-espalhefantasia.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então vale a pena uma segunda lida só pra refrescar os detalhes, além do quê, "Os Heróis do Olimpo" é a continuação da história de Percy, mas aí ele é secundário (como se isso tivesse importância)

      Excluir
  5. Selvagens Wulfs de Londres <3 huahusahusahaus

    ResponderExcluir
  6. Selvagens Wulfs de Londres <3 huahusahusahaus

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito da sua lista, e acredita que nunca li nada do Rick Riordan. Mas pretendo ler algo dele ainda esse ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faça isso que ainda dá tempo de ler tudo antes do lançamento de Magnus Chase e o martelo de Thor! :D

      Excluir
  8. Nossa, pensei que não ia ter nada que eu tivesse lido na lista, mas aí encontrei meu livro favorito, O Silmarillion.

    Também já li Percy Jackson, mas não tenho tido mais prazer em ler livros YA, por isso acho que não lerei as outras séries do Riordan.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, não posso forçar ninguém à nada, né? É bom que tenha gostado de O Silmarillion ^-^ apesar de ter pouco diálogo, é muito bom!

      Excluir
  9. Percy Jackson foi meu pontapé para a fantasia. Sou eternamente grato à essa série por ter feito parte da minha vida de uma forma tão intensa. Sem dúvida é uma ótima série para espalhar a fantasia :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Novamente eu digo: é uma série muito boa, e suas continuações complementam totalmente o universo de Riordan!

      Excluir